domingo, 28 de janeiro de 2018

Intimidade é o aconchego da alma

Por: Ana Santana

post

Esse texto é sobre intimidade. Essa coisa que, embora pareça, não surge somente com o tempo. Existem pessoas que se conhecem há anos e não se sentem confortáveis por completo na presença uma da outra. Intimidade está ligada, quase sempre, a energia. É uma espécie de compatibilidade de almas, íntimos, sentimentos. E é por isso que eu sou fã dela e da sensação indescritível que é ser íntimo de alguém.

Intimidade torna a relação leve, gostosa, prazerosa. Intimidade não é libertinagem e isso é o que a torna tão mágica. Ser íntimo de alguém é deixar à mostra o que carregamos dentro. É tirar as máscaras, armaduras e tudo aquilo que usamos no dia a dia para esconder nossas dores, desamores, fraquezas e medos. Ser íntimo de outra pessoa é confiar e entregar a ela a nossa pior e melhor parte. Há de se ter muita coragem para criar esse vínculo, mas as suas recompensas são gratificantes.

Gargalhadas intensas, assuntos diversos, entrega despreocupada. Não há nada melhor do que sentir-se à vontade em um encontro. Não há nada mais encantador do que encontrar no outro uma paz, um aconchego, uma quietude em meio ao caos que toma conta da nossa rotina. Bom mesmo é respirar aliviado por não ter medo de nos mostrar por completo. É saber que a outra pessoa vai permanecer ali mesmo sabendo das suas oscilações de humor, da sua vontade de conversar besteiras, das suas fraquezas, das suas desistências e de todos os seus defeitos.

Intimidade é, literalmente, virar-se ao avesso para o outro.

Por isso eu digo, queira intimidade. Queira pessoas boas ao seu lado e crie com elas esse laço, esse elo, essa relação. Deixe ser olhado, tocado, amado. Mostre-se a quem merece. Enxergue o que o outro lhe oferece. Tire a armadura, jogue ao chão as armas, limpe o rosto e tire essa maquiagem que da porta para fora te pedem para usar. Mostre sua verdadeira face e seu verdadeiro interior. Não tenha medo. A intimidade te assegura, segura e cuida. Ser íntimo de alguém vai muito além de confiar segredos, é entregar a alma e confiar que ela voltará para nós mais colorida, linda e afável.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone
Sobre o autor

Ana Santana

Pernambucana por naturalidade, baiana por amor, estudante de psicologia, intensa, indecisa e escorpiana. Escrever é fazer minha alma respirar e meu coração suspirar.

COMENTÁRIOS

BUSCAR

facebook instagram twitter youtube

Tem uma sugestão?

Indique um post!

NEWSLETTER