Publicações de João Neto Pitta

João Neto Pitta

Eu, você, ele... Tanto faz! Vamos todos morrer um dia.

imagem-post
segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Apareço, Logo Existo: O mundo das aparências por Bauman, Nietzsche e Shakespeare

O mundo contemporâneo é regido pelo estratagema da comunicação, provavelmente este seja o maior pilar erguido pela era da informação.  Bauman, contextualizando Descartes, versa que para que haja existência - neste mundo tenebroso - é preciso, sobretudo, aparecer; propagandear-se,...

LEIA MAIS
imagem-post
quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Assertivas sobre a Intolerância Religiosa por Adorno, Michel Onfray, Hannah Arendt e Amos Oz

A intolerância Gravita sobre o Fanatismo, dentro dela há o ódio, se escavarmos mais fundo ainda, encontraremos o medo e a ignorância. É possível defrontar-se com uma criança chorando por dentro de um homem bomba, receoso, temendo o fim do...

LEIA MAIS
imagem-post
segunda-feira, 14 de novembro de 2016

A Felicidade no Capitalismo por Karl Marx e Oscar Wilde

No mundo contemporâneo, a felicidade é sinônimo de consumo. Compramos para tentar alcançar nos objetos consumidos o que é mais almejado pelo Homem. O mercado toma o lugar da igreja, e passa a ser o templo no qual se...

LEIA MAIS
imagem-post
segunda-feira, 7 de novembro de 2016

O desumano mundo dos rotuladores

Quando os Portugueses chegaram à região que doravante seria conhecida como Brasil, avistaram seres com uma aparência similar a deles: os índios. Porém, algumas mínimas diferenças ocasionaram uma súbita dúvida nos navegadores lusitanos: os índios não usavam roupas, andavam...

LEIA MAIS
imagem-post
quinta-feira, 3 de novembro de 2016

O Amor das Mulheres: Shakespeare, Sade, Nietzsche e Pondé

Não tem graça falar sobre homens, todo mundo sabe o que eles pensam e desejam, basta uma boa televisão e sexo para se construir um casamento feliz com um macho humano. A mulher, sim, traz consigo a incompreensão, o...

LEIA MAIS
imagem-post
segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Por que preferimos viver em um mundo de aparências?

Michel de Montaigne – filósofo francês – foi brilhante ao dissertar sobre a Vaidade. O pecado da enganação e das aparências em que o principal enganado é sempre o vaidoso. Antes de passar para o próximo parágrafo, acho importante frisar...

LEIA MAIS
imagem-post
segunda-feira, 24 de outubro de 2016

DEUS: Por Freud, Marx, Nietzsche e Richard Dawkins

Deus, a criação mais perfeita do ser humano; ou, para outros, o nosso criador.  Um ser cercado de polêmica, e, alvejado por muitos como  uma entidade associada a mais vil ignorância e senso de dominação do Homem. O que alguns...

LEIA MAIS
imagem-post
terça-feira, 18 de outubro de 2016

O Amor Tem Data de Validade? Bauman e o Amor Líquido

O filósofo Friedrich Nietzsche asseverava que o amor é o estado pelo qual nós vemos as coisas tal como elas não são. Enxergamos qualidades inexistentes, criamos cenas nas quais todos os nossos ideais românticos são realizados por uma só...

LEIA MAIS
imagem-post
segunda-feira, 10 de outubro de 2016

O Romântico é um Inexperiente no Amor?

  Casar, ter filhos, amar a esposa, ser feliz. Pensar nisso, hoje em dia, é como acreditar em duendes ou bicho papão. Ninguém mais procura um príncipe encantado ou uma princesa virgem, os contos de fadas estão indo à falência,...

LEIA MAIS
Página 3 de 3123

BUSCAR

facebook instagram twitter youtube

Tem uma sugestão?

Indique um post!

NEWSLETTER