Como funciona um advogado para seguro de vida

Quando se fala em ação contra seguradora, uma das principais causas é o seguro de vida. Isso acontece pelo fato de que, em diversos casos, a seguradora nega o pedido de indenização alegando vários motivos para essa negativa. Assim, com tal situação que muitas vezes é injusta, o Poder Judiciário acaba sendo a única opção de o consumidor ter o seu direito a indenização garantido.

Teoricamente, qualquer advogado pode resolver problemas com seguro de vida mas, na prática, não é isso que ocorre. Para lidar com as questões relacionadas a problemas com seguro de vida, destaca-se o advogado especialista em seguros. Trata-se de uma área específica do Direito, com diversas nuances e peculiaridades.

O que é seguro de vida?

O seguro de vida é um instrumento que tem por objetivo proteger econômica e financeiramente o segurado bem como a sua família.

Dessa forma, com ele você consegue continuar com o seu padrão de vida, nos momentos mais difíceis, pois ele disponibiliza uma  indenização para a pessoa que for beneficiária nos casos em que o segurado morre. Tal cobertura visa proteger os dependentes da pessoa que veio a falecer.

Assim, quem recebe a indenização do seguro de vida é uma pessoa que o próprio segurado indicou no momento em que assinou o contrato de seguro de vida.

Como dito, o seguro de vida é o instrumento pelo qual a seguradora deverá pagar uma apólice/indenização para os beneficiários do segurado em caso de falecimento. Assim, os beneficiários são escolhidos pelo próprio segurado no momento da contratação do seguro de vida.

Tais seguros tem outros benefícios, tais como em casos de:

  • Morte natural;
  • Morte acidental;
  • Internação hospitalar;
  • Assistência funeral;
  • Doenças graves.

É importante destacar que existem seguros de vida que cobrem, inclusive, as dívidas e despesas educacionais. Dessa forma, o seguro de vida é uma forma de resguardar as pessoas que dependem de você em um momento tão difícil que é a sua morte.

Quem pode ser o beneficiário do seguro de vida?

O beneficiário é a pessoa indicada pelo segurado, no momento da contratação, que receberá a indenização caso venha a ocorrer o sinistro com o segurado.

O segurado pode indicar qualquer pessoa como beneficiária do seguro de vida. Caso não seja indicado expressamente um beneficiário na apólice do seguro, o Código Civil estabelece no seu artigo 792 que o valor da indenização será dividido entre o cônjuge, que receberá 50% do valor, e os herdeiros, entre os quais serão distribuídos os outros 50%.

O segurado também pode fazer a alteração da indicação do beneficiário a qualquer momento. Dependendo das coberturas contratadas, poderá o segurado ser também o beneficiário. Isso poderá ocorrer no caso de cobertura para doenças graves ou de diárias de internação hospitalar, por exemplo.

O que faz um advogado especialista em seguro de vida?

O advogado securitário é um profissional que atua com foco em processos contra seguradoras. Entre os principais motivos alegados pelas seguradoras para justificar a negativa de pagamento do seguro de vida, podemos destacar os seguintes:

·         seguro de vida cancelado por atraso de pagamento das parcelas, conhecido como inadimplência;

·         seguro de vida negado por doença preexistente;

·         seguro de vida negado por embriaguez;

·         seguro de vida negado por suicídio;

·         não cobertura do risco;

·         sinistro dentro do prazo de carência;

Por que contratar um advogado de seguro de vida?

Existem diversos motivos para se contratar um seguro de vida, principalmente pelo fato de que não tem como prever o futuro, por esse motivo é tão importante se prevenir.

Entre as inúmeras vantagens em se contratar um advogado de seguro de vida, as principais são:

  • Proteção financeira para os dependentes;
  • Proteção para o cônjuge;
  • Garantia de segurança financeira;
  • Cobertura de doenças graves;
  • Reembolso de despesas médicas;

Função do advogado especialista em seguro de vida

A princípio, para que você entre com uma ação contra a seguradora, é necessário que você tenha todos os documentos necessários para embasar o seu questionamento feito à Justiça.

Por isso, é extremamente importante que você tenha todos os documentos básicos para isso, que são:

  • A apólice;
  • Os comprovantes de pagamento dos prêmios;
  • Os documentos que acompanharam o aviso de sinistro; e
  • A negativa de pagamento emitida pela seguradora.

Com todos esses documentos, o advogado contratado entrará com a ação contra a seguradora, para que ela seja citada e apresente sua defesa. Dessa forma, o processo irá tramitar normalmente até que o juiz profira a sentença, onde ele irá julgar se os beneficiários ou o segurado tem ou não direito de receber a indenização do seguro de vida.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze − 8 =