Rótulo cerveja artesanal: como diferenciar o seu produto?

Rótulo cerveja artesanal
Rótulo cerveja artesanal

A cerveja é paixão nacional, não é mesmo? Do norte ao sul do país, a cerveja está presente nas mais diversas comemorações: festas, jantares, reuniões, happy hour… E as cervejas artesanais têm conquistado o paladar de inúmeros consumidores brasileiros nos últimos anos.

De acordo com a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), o Brasil terminou 2019 com 1.209 fábricas em 26 estados brasileiros. Já em relação aos últimos três anos, foram abertas 530 novas fábricas.

Ou seja, é importante que o empresário do segmento encontre formas de diferenciação. Para além da qualidade do seu produto, a criação de um rótulo de cerveja artesanal criativo pode ser uma boa estratégia para estimular as vendas.

O brasileiro e a cerveja: o aumento do consumo da cerveja artesanal

A cerveja é a bebida alcóolica preferida dos brasileiros durante o ano todo. Para se ter ideia de alguns números, o Brasil já é o terceiro maior fabricante mundial, com 13,3 bilhões de litros produzidos. O país perde apenas para a China (46 bilhões) e para os Estados Unidos (22,1 bilhões). 

Já em termos de faturamento, foi um total de R$ 77 bilhões, equivalente a 2% do PIB e 14% da indústria de transformação nacionais, contribuindo com R$ 25 bilhões em impostos. Ou seja, é um setor com diversos impactos para a economia brasileira, conforme pontua o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv).

Já o segmento das chamadas “cervejas premium” (no qual a cerveja artesanal está incluída) continua uma trajetória de crescimento no país, o que tem se refletido no aumento do faturamento representado por essa categoria, como revelaram recentemente dados da empresa de pesquisa de mercado Euromonitor.

O faturamento das cervejas consideradas premium cresceu 85% entre 2015 e 2020, chegando a R$ 52 bilhões. A expectativa da Euromonitor é que esse número cresça mais 53,9% até 2025 e alcance faturamento de R$ 80,2 bilhões.

Rótulo cerveja artesanal: uma forma de diferenciação

Como foi visto, nos últimos 10 anos, estilos menos convencionais de cervejas se tornaram muito populares entre os consumidores brasileiros.

E são esses estilos menos convencionais que costumam ser chamados de “cervejas artesanais”, mas elas também são conhecidas como “especiais”, “Premium” ou “gourmet“. 

Essas bebidas têm uma grande variedade de cores, aromas e gosto. Além disso, outra característica das cervejas artesanais é a produção em menores quantidades, muitas vezes por empresas familiares, que atendem principalmente a região local.

O seu diferencial também pode ser observado no processo produtivo, por meio de um processo de fermentação mais lento.

Rótulo cerveja artesanal: o que é preciso saber?

O rótulo da cerveja artesanal pode ser uma forma de chamar atenção do público e se diferenciar em relação à concorrência. Mas o que é esta identidade visual do rótulo da cerveja artesanal?

Em termos gerais, a identidade visual é o conjunto de elementos gráficos que objetivam comunicar ao público a ideia, os valores, o propósito e a missão de uma marca. Alguns elementos da identidade visual são:

  • Nome;
  • Slogan;
  • Cores;
  • Material;
  • Tipografia;
  • Embalagens;
  • Dentre outros elementos.

Obviamente que um dos critérios para a fidelização dos clientes é a qualidade do produto. Porém, com tantas opções de cervejas artesanais concorrentes, criar uma vantagem competitiva é umas das formas de fazer a sua marca se destacar.

Ou seja, o rótulo da cerveja artesanal marcante e estrategicamente criado irá trazer:

  • Diferenciação para a marca;
  • Posicionamento na mente do consumidor.

Além disso, de maneira geral, pode-se dizer que é obrigatório ter no rótulo da cerveja artesanal as seguintes informações:

  • Nome empresarial e endereço do produtor ou fabricante;
  • Número do registro do produto no MAPA;
  • Denominação do produto em item distinto e destacado das demais informações do rótulo;
  • Marca comercial;
  • Lista de ingredientes;
  • Advertência sobre a presença direta ou de derivados de ingredientes alergênicos (incluindo o glúten);
  • Conteúdo líquido expresso em unidade de medida de volume;
  • Graduação alcoólica;
  • Identificação do lote;
  • Prazo de validade;
  • Advertência de que o produto é para maiores de 18 anos;
  • Frase de advertência “Evite o Consumo Excessivo de Álcool”.

Com a marca da cerveja artesanal bem-posicionada em relação aos concorrentes, atrativa para o novos consumidores e forte no imaginário dos clientes, certamente estas variáveis irão se reverter no aumento das vendas. Por isso, a importância de investir também no rótulo cerveja artesanal mais estratégico.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =